Bastidores

Bastidores

Bastidores

Proibição 

O Tribunal de Contas da União (TCU) reiterou que recursos de precatórios do extinto Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) não podem ser utilizados para o pagamento de advogados ou professores. Essa é uma das conclusões a que chegou o Tribunal de Contas da União (TCU) em auditoria coordenada que envolveu municípios dos estados de Minas Gerais, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Bahia, Pará e Amazonas. A auditoria demonstrou a utilização dos recursos do fundo para pagamento de remunerações ordinárias de ...

leia mais +

Bastidores

 Complicou!

Com o fim das coligações na eleição proporcional (deputado e vereador) surge uma grande dificuldade para os partidos montar uma chapa competitiva para vereador. No caso de Imperatriz, juntar 32 candidatos que no conjunto atinjam o coeficiente eleitoral (em Imperatriz quase 7 mil votos), não é fácil. Sem falar no percentual legal de mulheres (mínimo de 30%). Sem elas, não tem chapa. E a Justiça Eleitoral não aceita laranjas. E há a questão do medo de competir. Há pretensos candidatos que não querem ir para determinados partidos, porque no pensamento deles  lá já existem nomes ...

leia mais +

Bastidores

Reação 

Sobre a PEC do Pacto Federativo, que prevê a extinção de Municípios com até cinco mil habitantes que não comprovarem, até o dia 30 de junho de 2023, sua sustentabilidade financeira, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulgou nota em que diz haver grande equívoco e falta de conhecimento acerca da realidade brasileira. Pela regra proposta, dos 1.252 Municípios, 1.217 (97%) não atingiriam o limite de 10% dos impostos sobre suas receitas totais. Ao aplicar esse conceito sobre a receita corrente dos 5.568 Municípios brasileiros em 2018, 4.585 (82%) ficaram abaixo deste limite, sendo um ...

leia mais +

Bastidores

Polêmica

Está repercutindo nos meios políticos e entre moradores das cidades que seriam atingidas, a proposta do governo federal de riscar do mapa municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total. A medida atingiria 1.254 municípios no país. No Maranhão, seriam quatro -  Nova Iorque (4.683 habitantes), São Pedro dos Crentes (4.668), São Félix de Balsas (4.585) e Jungo do Maranhão (3.432). No Estado Tocantins, seriam 69 dos 136 municípios. Poderá haver uma resistência à proposta por parte dos deputados e senadores, pressionados pelos prefeitos e vereadores. O ...

leia mais +

Bastidores

PSD

Em Imperatriz o PSD estaria sem comando e o presidente estadual da sigla, deputado federal Edilázio Júnior, tem como principal interlocutor na cidade um integrante de outra sigla. O PSD  pretende lançar candidato próprio à prefeitura, mas ainda busca um nome. A princípio, especulou-se que o médico Daniel Fiim iria se filiar ao PSD e se tornaria uma opção do partido para a Prefeitura. Mas a sigla só aceitaria o seu ingresso caso ele se desligasse do grupo ao qual pertence, liderado pelo prefeito Assis Ramos (DEM), que é pré-candidato à reeleição. Fiim ainda está ...

leia mais +

Bastidores

Reação 

Durante a inauguração da reforma e climatização da Escola Municipal Sousa Lima, no bairro Vilinha, o prefeito Assis Ramos (MDB) deu uma resposta, sem citar nome, ao vereador Carlos Hermes (PCdoB), que o chamou de “forasteiro”. Ele considerou injusta a afirmação do vereador comunista. “Sou filho de Imperatriz por adoção, minha esposa e filha de Imperatriz, meu filho de Imperatriz, e tenho serviço prestado em Imperatriz como delegado”, destacou Assis Ramos. A afirmação de Carlos Hermes, durante uma reunião com o pré-candidato Marco Aurélio e aliados, na semana passada, gerou polêmica na cidade. Na própria ...

leia mais +

Bastidores

Polêmica

Durante uma reunião com o deputado Marco Aurélio, pré-candidato a prefeito, e aliados, o vereador Carlos Hermes (PCdoB) passou a criticar o prefeito Assis Ramos e o chamou de forasteiro. Em cima da bucha um aliado observou: “você também é”. Houve risadas. É verdade. Hermes é de Oeiras-PI.  Houve gravação e o vídeo foi jogado nas redes sociais, gerando polêmica. O vereador Chiquim da Diferro, por exemplo, condenou a afirmação de Carlos Hermes, lembrando que o próprio não nasceu em Imperatriz e vários ex-prefeitos também não nasceram aqui, destacando Sebastião Madeira e Ildon Marques. São ...

leia mais +

Bastidores

Aliança?

Ontem foi postada uma foto em grupo de whatsapp dos pré-candidatos a prefeito, Richardson Lima (ainda no PSDB) e Rodrigo Brasmar (sem partido). Seria uma chapa para 2020?, perguntaram.  “Quem sabe!”, disse Richardson. A blogueira Kelly Queiroz entrou na conversa e afirmou que Brasmar assegurou que só abriria mão de sua pré-candidatura para Ildon Marques (PP). “Calma!”, reagiu Richardson. Como se vê, ele demonstrou que estaria havendo a possibilidade da formação de uma chapa com os dois jovens empresários. Mas quem seria o vice? Dificilmente Richardson aceitaria, porque já está de saída do PSDB por ...

leia mais +

Coriolano Filho

Coriolano Miranda Rocha Filho (foto), passou a comandar a Redação depois de ter passado por praticamente todos os setores do jornal, como paginação, revisão e reportagem na área policial. Coló Filho, como é mais conhecido, saiu para trabalhar em O Estado do Maranhão, mas em 1987 voltou para O PROGRESSO, como correspondente em Açailândia, por quase um ano. Em julho de 1988, assumiu o lugar de Adalberto Franklin, então Editor Chefe. Em dezembro de 1992, Coló Filho deixa o jornal para ser assessor de Comunicação do prefeito Renato Cortez Moreira. Ocupou o cargo por nove meses, tempo em que Renato passou na prefeitura, e cujo mandato foi interrompido por um assassino que o matou com dois tiros no dia 6 de outubro de 1993, no Mercado Bom Jesus. Em 1999, Coló Filho, que já estava de volta ao jornal como repórter, assumiu pela segunda vez a chefia da Redação, estando até hoje na função. editoria@oprogressonet.com