Pré-candidaturas 

Dois concorrentes ao cargo de prefeito de Imperatriz já lançaram oficialmente as suas pré-candidaturas. No dia 6 de junho o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Barros, se filiou ao Patriota. Durante o ato, o vereador teve a sua pré-candidatura lançada pelos dirigentes do partido, entre eles o deputado federal Marreca Filho e o ex-deputado Junior Marreca, que comandam a sigla no estado. Cerca de 300 pessoas participaram do ato, no plenário da Câmara. Agora, foi a vez do deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) ter a sua pré-candidatura lançada. O evento, denominado de “Imperatriz Pode Mais”, ocorreu na noite de sexta-feira, no auditório da Associação Médica de Imperatriz, que ficou lotado. O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, falou em nome do PCdoB, do qual é presidente municipal, e representou o líder do grupo, o governador Flávio Dino. O deputado federal Márcio Jerry, que não participou do ato, disse nas redes sociais que  “o professor Marco Aurélio tem todas as credenciais para disputar e vencer as eleições em Imperatriz”.

Prego batido...

Durante o ato de lançamento da pré-candidatura do deputado Marco Aurélio (PCdoB), o também deputado estadual Rildo Amaral (SD) deixou claro o seu apoio ao comunista. Rildo ensaiou uma pré-candidatura, mas depois de entendimentos com o colega de Assembleia decidiu apoiá-lo em 2020. Até porque ele está ainda no primeiro ano do seu mandato de deputado e não iria correr o risco de sofrer desgaste, como aconteceu com o ex-deputado João Batista. Ainda novo, Rildo tem uma longa carreira política e vai aguardar a hora certa para brigar pelo Palácio Renato Moreira.      

Emendas

O projeto da Reforma da Previdência, que tramita no Senado, recebeu 376 emendas com sugestões de mudanças, até a manhã desta segunda-feira (2). Mais de 200 estão sem parecer. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) deve votar, nesta quarta-feira (4), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019. O relator, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), apresenta a partir das 9h a complementação de seu voto inicial, lido na reunião do dia 28. 

CPI

O Congresso instala nesta quarta-feira (4) a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News. Na reunião, marcada para as 11h, devem ser definidos os nomes do presidente, do vice-presidente e do relator do colegiado. Composta por 15 senadores e 15 deputados (e igual número de suplentes), a CPI Mista terá 180 dias para investigar a criação de perfis falsos para influenciar as eleições do ano passado e ataques cibernéticos contra a democracia e o debate público.

Liderando 

Atribuída ao Instituto Exata, uma pesquisa divulgada pelo jornalista Diego Emir, de São Luís, aponta a liderança do atual prefeito, Dr. Erivelton, em Carolina. Seriam 45% das intenções de votos contra 20% de Jaime da Pipes e 19% de Gilmar Barros. A pesquisa foi realizada entre os dias 19 e 22 de agosto com 342 eleitores. A margem de erro é de 3,7% para mais ou para menos e possui um intervalo de confiança de 95%.

Olha aí!

Com o deputado federal Aluísio Mendes assumindo o comando no estado, o PSC ganhou 13 prefeitos, boa parte que pertencia a partidos do arco de aliança liderado pelo governador Flávio Dino, como o próprio PCdoB, que perdeu três prefeitos. O PDT, também três. Quatro eram do PSDB, dois do Podemos e um do PSDC. O PSC só tinha o prefeito de Bacabal, Edvan Fonseca.