Imperatriz/MA - Quinta-feira, 17 de Abril de 2014

|
Assine o RSSRSS
|
Encontre-nos também nas redes sociais
  • Facebook
  • Twitter
  • Twitter

Agosto 30, 2011

Professores do Projovem Urbano participam de Formação Continuada sobre Juventude e Cidadania

No último final de semana, a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer (SEMED) realizou Formação Continuada com professores do Programa Nacional de Inclusão de Jovens: Educação, Qualificação e Ação Comunitária – Projovem Urbano (PJU) de Imperatriz, com o tema: Dá pra ser feliz morando na cidade?
A formação integra a Unidade Formativa VI: Juventude e Cidadania onde são trabalhadas as diferenças sócio-culturais que segmentam a juventude brasileira: preconceitos e discriminações intra e inter-geracionais. Reposicionamento diante das dinâmicas de inclusão e exclusão sociais que expressam desigualdades e diferenças (geração, gênero, raça/etnia, deficiências físico-psíquicas).
De acordo com a formadora Fabiane Camargo, as atividades desenvolvidas com os educadores tem o sentido de valorizar a cidade de Imperatriz, chamando a atenção da importância de exercer cidadania na preservação de bens e ambientes públicos.
“Cada um deve olhar a cidade de uma forma que ela seja sua responsabilidade também, porque a cidade é feita de pessoas, e são essas pessoas que tornam a cidade viva e melhor para ser viver. Dessa forma, os educadores deverão também despertar nos alunos a prática da cidadania  no sentido de cuidar da cidade onde vivemos e contribuir para seu desenvolvimento. Uma das atividades desenvolvidas foi uma peça teatral, onde os educadores deverão apresentar ‘A Imperatriz dos meus sonhos’”, explicou.
O que é o Projovem Urbano: - Vanessa da Silva, coordenadora executiva do PJU em Imperatriz, explica em que consiste o programa. “Com duração de 18 meses, o Projovem Urbano oferece formação no ensino fundamental, cursos de iniciação profissional, aulas de informática e auxílio de R$ 100,00 por mês. O Programa foi concebido como uma intervenção de caráter emergencial, destinada a atender parcela significativa dos jovens que têm necessidade de retomar a trajetória escolar e prosseguir nos estudos”.
O secretário municipal de educação, Zesiel Ribeiro, explica que o Projovem Urbano é resultado da parceria firmada entre o Governo Federal, através do Ministério da Educação (MEC), e a Prefeitura de Imperatriz e tem o objetivo de reinserção social aos jovens.
“O Projovem Urbano tem as seguintes finalidades específicas: reinserção dos jovens no processo de escolarização; a identificação de oportunidades potenciais de trabalho e a capacitação dos jovens para o mundo do trabalho; a participação dos jovens em ações coletivas de interesse público; a inclusão digital como instrumento de inserção produtiva e de comunicação e a ampliação do acesso dos jovens à cultura”, declarou. (Comunicação)

EDIÇÃO Nº 14190

Edição 14982

PUBLICIDADE

  • Assinatura